A Magia em todo lugar!


Casa na Árvore de Valentine Kampfer.

Compartilhe
avatar
Valentine Kampfer

Mensagens : 26

Ficha
Verdello: Professor
Habilidade Magica:
610/1000  (610/1000)
Varinha: Jacarandá, 24 cm, fio de cabelo de Veela e inflexível

Casa na Árvore de Valentine Kampfer.

Mensagem por Valentine Kampfer em 11/8/2014, 21:07


Quem nunca sonhou em ter uma casa na árvore? Pois é, Valentine realizou esse sonho quando mudou-se para Edoras. A casa antiga do professor, deu espaço a uma simples e bonita casa na árvore. Por fora pode parecer rústica, mas por dentro é oposto. Todos os cômodos são bem chic, sendo a sala o maior cômodo. Esta possui uma estante imensa repleta de livros, uma mesa média no canto cheia de guloseimas, puff e um sofá que mais parece uma cama. É uma casa adaptada para a dona. Por ter alguns joguinhos e outras coisas de adolescente, Val gosta de ter seus alunos como visita. Abaixo da casa, na parte de trás, há uma mini horta. Da janela de seu quarto consegue ver toda Estufa.

A casa está sempre aberta a vistas.
avatar
Valentine Kampfer

Mensagens : 26

Ficha
Verdello: Professor
Habilidade Magica:
610/1000  (610/1000)
Varinha: Jacarandá, 24 cm, fio de cabelo de Veela e inflexível

Re: Casa na Árvore de Valentine Kampfer.

Mensagem por Valentine Kampfer em 11/8/2014, 21:21

Depois da longa caminhada - poderia ter ido de outro jeito, porém havia comido tanto que preferiu caminhar para desgastar - , finalmente a professora chegava a sua casa. Estava tudo arrumadinho, bonitinho, 'cheirosinho', como ela deixou.

Seu gato, Eros, logo veio cumprimenta roçando nas pernas dela. Fez um breve carinho no animal e jogou-se no sofá. oi um dia muuuuito cansativo, ela não teve tempo para descansar nem um segundo. Tirou os sapatos dos pés e esticou-se. Ah, como era bom estar em casa. Não que a casa de seus pais não fosse sua também, mas ali ela tinha um pouco mais de privacidade.

Levantou-se e arrumou-se para dormir. O dia que estava vindo seria um pouco menos cansativo, mas ainda sim teria algumas coisas para resolver e organizar. Durante as férias teve uma idéia e gostaria de conversar com o professor Matthew sobre ela. Por isso, antes que todos dois se recolhessem para sonhar, mandou uma coruja entregar um aviso ao professor.

Neste constava as seguintes palavras: " Caro Professor,

Durante minhas férias andei pensando em muitas formas de entreter os alunos e gostaria de apresentar-lhe uma delas. Posso, amanhã, passar por sua sala na parte da tarde?

Tenha uma Boa Noite.

Valentine Kämpfer. "

Depois de ter feito tudo o que deveria, deitou em sua cama e lembrou-se de quanto ela era gostosa. Aquele dia começou bom e terminou ótimo. A professora estava animadíssima para o novo ano letivo.
avatar
Valentine Kampfer

Mensagens : 26

Ficha
Verdello: Professor
Habilidade Magica:
610/1000  (610/1000)
Varinha: Jacarandá, 24 cm, fio de cabelo de Veela e inflexível

Re: Casa na Árvore de Valentine Kampfer.

Mensagem por Valentine Kampfer em 9/9/2015, 01:19

Os saltos tocavam o chão de madeira e faziam um “toc toc” meio chato. De um lado para o outro, a figura feminina que fazia o tal barulho, andava. Era um misto de euforia e preocupação. Eram tantas coisas a se pensar que ela não sabia se daria conta.

Por fim jogou-se no sofá, seus orbes azuis miravam o teto como se procurasse uma resposta. Sorriu quando lembrou-se do passado. Suas amigas sempre suspiravam pelo professor Spencer, para Valentine ele era apenas um professor normal. Mas agora entendia o suspiro das meninas. Ele era um doce de pessoa.


- Um brigadeiro. – Completou seu pensamento. – Vamos pular essa parte. – Literalmente pulou. Pulou do sofá e vou sentar-se no seu mini-escritorio. Uma mesa no canto da sala, de frente para a janela. Sentou-se e puxou um papel e caneta. Começou então a desenvolver melhor sua idéia.
Escreveu as regras, as plantas teriam que ir averiguar, precisaria ir até a floresta e passar um tempo por lá, anotando tudo o que precisasse. O problema é que Valentine não entrava sozinha em florestas. Uma vez fez isso em Hogwarts, tomou um trauma gigantesco.  


“Vou precisar de alguém para me ajudar. Talvez o Professor Joe...”

Ele era o mais indicado, visto que Spencer já estava atarefado em excesso e, bem, ele não tinha cara de que gostasse de Herbologia. Entretanto, não custava nada perguntar.
[i]“Matt”
, começou a carta, seria um bilhetinho, bem informal. “Terei que ir a floresta para mapear as plantas. Pensei que, talvez, você pudesse ir comigo. Ou o professor Joe. Você deve se lembrar que não tive uma boa experiência indo a floresta de Hogwarts sozinha. Então, aguardo sua resposta. Caso não possa, eu falo com Joe. “

O acontecimento que causou trauma fora na época da batalha em Hogwarts, sabê-la quais motivos levaram Valentine a floresta, havia criaturas tenebrosas lá. Ela quase não se lembra o que aconteceu, viu alguns vultos, bateu a cabeça e acordou na enfermaria. Assim, ela nunca mais se aventurou sozinha em uma floresta.

Chamou uma coruja qualquer e mandou o bilhete para o Diretor. Dá sua imensa estante, pegou alguns livros e começou a (re) estuda-los. Tinha muito o que fazer, seria um ano árduo, mas para Valentine, ver os alunos se divertindo seria gratificante.
[/i]
avatar
Matthew Spencer

Mensagens : 206

Ficha
Verdello: Diretor Finwer
Habilidade Magica:
910/1400  (910/1400)
Varinha: Teca, 31 cm, coração de dragão

Re: Casa na Árvore de Valentine Kampfer.

Mensagem por Matthew Spencer em 9/9/2015, 17:32

E eis que, ao anoitecer, uma coruja rapidamente, encontrou a professora Valentine Kämpfer e a entregou uma carta informal do diretor interino Matthew Spencer:

Carta para Valentine Kämpfer:
Olá Kämpfer,

Ficaria muito feliz em ajudá-la com seu trabalho de mapeamento. Acredito que será uma experiência positiva acompanhar seu trabalho de perto e, quem sabe, poder ajudar.

Matthew Spencer.
avatar
Valentine Kampfer

Mensagens : 26

Ficha
Verdello: Professor
Habilidade Magica:
610/1000  (610/1000)
Varinha: Jacarandá, 24 cm, fio de cabelo de Veela e inflexível

Re: Casa na Árvore de Valentine Kampfer.

Mensagem por Valentine Kampfer em 10/9/2015, 23:18

Quantas horas haviam passado? Ou foram só alguns minutos? Valentine não sabia. Estava sentada no chão da sala, vários livros ao seu redor. Parecia uma adolescente estudando para uma prova muito importante. Era exatamente assim que se sentia.
Já estava com uma lista enorme montada, as regras, quase tudo. Estava esperando apenas a resposta de seu antigo professor para ‘dar o próximo passo’. A coruja posou em sua janela, silenciosa, a mulher só a percebeu quando a mesma fez um barulho e acabou por assusta-la.


-Ah, desculpa. Não vi você ai! – Disse enquanto levantava-se e ia até o animal. Fazia-lhe um carinho na cabeça e pegava o bilhete. – Obrigada – Era doce. Antes que a coruja fosse embora dava-lhe um ‘agrado’. Um pouco de ração que tinha num potinho embaixo da mesa. – Pode voltar!

Valentine era assim, doce e meiga com todos. Sempre foi assim.

-“Kampfer...” – começou a ler o bilhete em voz alta. – Por que ele me chama assim? Me sinto aluna dele ainda... – Era uma reclamação. Spencer não queria que fosse formal com ele, então por que continua chamando pelo sobrenome.

Pelas palavras dele, podia perceber a animação. Olho para os papéis e livros no chão, estava cansada. Sua mente implorava por descanso. Deixou o bilhete dentro de um livro marcando uma página e resolveu caminhar.

Já havia anoitecido, pegou um casaco fino e o amarrou na cintura, estava um pouco quente, mas vai que o tempo mude do nada?! Por lá tinha um pouco disso. Decidiu ir para a Costa norte, não ficava muito longe e ainda estava um pouco movimentada.

Conteúdo patrocinado

Re: Casa na Árvore de Valentine Kampfer.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: 23/7/2017, 09:53